© Wines By Heart​. Todos os preços apresentados na loja incluem IVA à taxa legal em vigor, excepto indicação em contrário.

BARTOLO MASCARELLO ● Barolo

 

“Continua um doa grandes vinhos do mundo.” Rajat Parr

"A complexidade e a persistência do vinho são as coisas das quais os sonhos são feitos." Antonio Galloni

 

Bartolo Mascarello foi possivelmente o mais incansável e devotado Barolista de todos. Dedicou sua vida a nunca deixar a rica tradição da região de Barolo morrer. Quando que nas últimas décadas, uma leva de produtores rendeu-se às facilidades do mundo moderno para lançar vinhos mais prontos ao mercado e com isso encantar os críticos internacionais, Bartolo continuou firme na sua batalha contra os tais roto-fermentadores e barricas de carvalho, entre outras técnicas, que roubavam a alma e essência da perfumada Nebbiolo. Esse artesão nunca rendeu-se a modas, tampouco sua filha Maria Teresa, que hoje está à frente da cantina e mantém a mesma filosofia do pai. O tradicionalismo sempre foi mantido, mas foram as pequenas substituições que elevaram essa cantina ao nível mais alto da elite mundial nos últimos anos. A partir dos anos 2000 a consistência desses vinhos aumentou, junto da idade das vinhas, e o resultado? Rajat Parr retrata bem em um de seus livros: “vinhos que são pequenos em produção e muito altos em demanda”. Hoje, tornaram-se vinhos de culto. Resultado atingido unicamente pelo reconhecimento da sua qualidade ímpar, já que Maria Teresa e seu pai nunca se preocuparam com marketing. Portanto, não se impressione por não encontrar um website desta pequena cantina. De facto, até pouco tempo atrás, nem telefone possuíam. 

 

Prova do sucesso é também a admiração do respeitado crítico Antonio Galloni, que na degustação “10 Vinhos que mudaram minha vida”, em que o crítico foi dado a liberdade de escolher vinhos sem limites de preços, incluiu Bartolo Mascarello Barolo 1982 entre nomes como: Château Latour 1982, Rousseau Chambertin-Clos de Bèze 1993, Bruno Giacosa Barolo Le Rocche del Falletto 1998, Dom Pérignon 2002, Ridge Monte Bello 2010. 

 

O tradicionalismo reina integralmente a cada decisão tomada. Mesmo com vinhedos espalhados por alguns dos crus mais importantes de Barolo, a família sempre acreditou que a interpretação mais sublime da Nebbiolo é atingida através de lotes, ao contrário da desenfreada moda de vinhedos específicos que tenta arremedar a Borgonha. Cada cru se comporta de uma forma ano a ano, e assim a concepção do lote pode ressaltar qualidades especiais de cada dos apenas 5 hectares em Cannubi, San Lorenzo, Rue, e Rocche dell’Annunziata a fazer parte desses cobiçados Barolos. Sendo os 3 primeiros crus na comuna de Barolo e último em La Morra. 

 

As fermentações ocorrem em concreto, sem controle algum de temperatura, e macerações que podem durar até 60 dias – dependendo da qualidade da colheita. Pigeages e délestages são substituídas pela clássica técnica de cappello sommerso (chapéu submerso), e o estágio na adega ocorre apenas em grandes botti (2.500 - 5.000L) sempre neutras. 

 

A Cantina produz apenas um Barolo (até a década de 80 existiu um rótulo Riserva, quando ainda eram rotulados Cantina Mascarello) e a Wines by Heart tem o privilégio de possuir essa cobiçada raridade no portfolio.

.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.