© Wines By Heart​. Todos os preços apresentados na loja incluem IVA à taxa legal em vigor, excepto indicação em contrário.

chateaumusarlogo.jpg
Orgânico certificado
CHATEAU MUSAR ● Líbano
www.chateaumusar.com

 

“Tive o prazer de provar 20 safras do Chateau Musar em 1961, incluindo brancos de 1989, e todos eles ainda estavam fortes.” Jancis Robinson 

Chateau Musar, localizado no Vale do Bekaa no Líbano, é um dos projetos mais históricos e dramáticos (filoxera, guerra e outras diversidades passam por sua história) do universo do vinho. Teve início na década de 1930, após Gaston Hochar ir à França estudar medicina e apaixonar-se pela bebida. Sua amizade com Ronald Barton (Château Léoville Barton) trouxe muita influência, como a admiração por Cabernet Sauvignon e o estilo longevo dos vinhos da região. Serge, seu filho, que seguiu seus passos, estudou enologia em Bordéus com o mestre Emile Peynaud e continuou seu legado por diversas décadas. Na sua trajetória, seu diferenciado talento foi reconhecido pela Decanter Magazine ‘Man of the Year’ em 1984, posto almejado por muitos, alcançado por poucos. 

 

Em uma era em que vinhos naturais se tornaram moda, o Château foi um dos primeiros a aderir a filosofia mínima intervenção na sua produção, há muitas décadas. Estilo de vinificação se mantém até hoje, desde o início do projeto: baixíssima intervenção na adega, uso de leveduras selvagens, pouquíssima adição de sulfitos e nenhuma filtragem ou colagem. 

 

Os vinhedos estão localizados no vale do Bekaa, por volta de 200 km da vinícola, que foi construída em Ghazir – escolha que buscava segurança em uma época conturbada de instabilidade. A altitude deste plateau entre montanhas chega aos 1300 metros, a constante insolação e os solos pedregosos em uma base de calcário moldam os vinhos desse terroir dramático. O cultivo é orgânico, certificado desde 2006, escolha natural em um clima tão extremo.   

Provavelmente, os vinhos mais distintos do mundo. São divisores de águas entre os que os amam ou não. Altamente individuais, reflexos da natureza e uma de personalidade fortíssima. Vinhos que resistem ao tempo como poucos. Nos tintos predomina a Cabernet Sauvignon, e duas variedades solares Carignan e Cinsault, que transformam calor em frescura e elegância. Com tempo em garrafa, evocam o perfil de um grande Bordéus. Os brancos, feitos a partir das castas locais Obaideh e Merwah fermentam em barrica e já nascem com enorme complexidade e textura. A gama Musar Jeune é de vinhos descomplicados, de consumo imediato, que encantam por sua fruta acessível, porém representam os milhares de anos de vinificação de sua terra na sua estrutura e profundidade. 

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.