© Wines By Heart​. Todos os preços apresentados na loja incluem IVA à taxa legal em vigor, excepto indicação em contrário.

Wine champgne

Foi inevitável não perceber as garrafas de Roumier, Armand Rousseau, Chave, entre outros grandes nomes, espalhadas pela sala de Olivier Collin. Admito que fiquei intrigado e - ainda mais - entusiasmado, pois é de conhecimento geral que aqueles que tomam grandes vinhos, produzem grandes vinhos. Afinal, como produzir o melhor sem nunca ter os provado? Ao longo desse texto, vamos contar a surpreendente ligação desses vinhos com os de Collin.


Conhecer Olivier Collin foi um dos pontos mais altos da nossa viagem à maravilhosa região de Champagne. O jovem e eletrizante produtor está à frente da casa Ulysse Collin, e seu debut seria em 2003 se não fosse pelo clima desastroso que forçou o produtor a vender toda sua produção ao invés de vinificar ele mesmo. E assim mesmo que Olivier trabalha: sacrificando tudo em prol de qualidade.


Dirigindo Congy está na parte norte de Coteaux du Morin.


Por volta da terceira garrafa, ficou clara a ligação daqueles grandes vinhos da adega de Olivier com os dele: finesse e harmonia pura. Não me contive e comentei sobre quanto a harmonia dos vinhos dele me lembrava os grandes nomes que estavam na sua sala. Surpreendentemente, ele responde: “acredita que consegui aquelas garrafas porque Roumier, Rousseau e Chave tomam meus vinhos e trocamos garrafa por garrafa?”. Tudo fez sentido.




9 visualizações