95 Vinous


 


Os vinhos de Josko Gravner tocam a alma, assim como sua história. Não é fácil descrever o trabalho emocionante desse revolucionário do Friuli que influenciou - e continua a influenciar - gerações de apaixonados pelo vinho ao redor do globo. Sua história é inspiradora, e seus vinhos transcendem rótulos e classificações. São singulares, irreplicáveis, incomparáveis. Foi um Sauvignon Blanc de caráter sintético que desencadeou uma revolução interna de Gravner. A exposição à vinhos sem alma, comerciais e ordinários durante sua visita aos EUA em 1987, fez Gravner repensar drasticamente o rumo que seus vinhos estavam a seguir. No retorna à sua casa, Josko comenta com sua família que aprendeu muito. Aprendeu como vinho não deve ser. A experiência foi tão marcante que o produtor abandonou a forma de vinificação que adotava na época, que lhe trouxe status de melhor produtor de brancos da Itália e garantia uma conta bancária abundante, para adotar princípios que realmente lhe tocavam a alma. Inquieto, vai à Georgia para entender vinho na sua nascente. E de lá traz consigo esclarecimento para começar na Itália uma das maiores revoluções do mundo do vinho: a concepção do vinho âmbar. Depois conado como vinho laranja, mas que Gravner discorda de tal rótulo, já que âmbar é a cor da vida. E ninguém pode negar que seus vinhos são cheios de vivacidade. Nesse vinho tinto Breg a uva autóctone da região, a Pignolo, brilha em suas mãos de forma singular. De cor delicada e corpo médio, esse tinto é de elegância marcante. É carregado em terrosidade, vibrância e toques salinos e balsâmicos. Os taninos extraídos por Gravner demonstram o quão incrível esse pequeno produtor do Friuli é. Como os vinhos de laranja de Gravner, este tinto também fermenta em ânforas, com leveduras selvagens sem controle de temperatura. Após cinco meses nas ânforas enterradas, passa mais cinco anos em grandes barris de carvalho e cinco anos em garrafa. Engarrafado de acordo com o calendário biodinâmico, sem clarificação ou filtração. 13,0% de álcool. Seria Gravner o melhor produtor de vinhos naturais e biodinâmicos da história?.


 


 


-------


 


 


Josko Gravner's wines has the same impact on our souls as his history. It is not easy to describe the exciting work of this revolutionary from Friuli who has influenced - and continues to do so - generations of wine lovers around the earth. His history is inspiring, and the wines transcend labels and classifications. They are singular, irreplicable, incomparable. It was a Sauvignon Blanc with synthetic aromas that blossomed an internal revolution on Gravner. The exposure to soulless, commercial and ordinary wines during his visit to the US in 1987, made Gravner drastically rethink the direction his wines were following. While back home from the trip, Josko comments with his family that he had learned a lot. Learned how wine should not be. The experience was so remarkable that the producer abandoned the winemaking techniques he adopted at the time, which brought him status as the best producer of whites in Italy and had given him an abundant bank account, to adopt principles that really touched his soul. Restless, he goes to Georgia to understand wine at its source. And from there brings enlightenment to begin in Italy one of the greatest revolutions in the world of wine: the born of amber wine. Later coned as orange wine, but that Gravner disagrees of such label, since amber is the color of the life. And no one can deny that his wines are full of life. In this red wine the native variety of the region Pignolo shines in his hands in a singular way. There is a delicate color and medium body to this red of remarkable elegance. Pungent earthiness, vibrancy, salty and balsamic touches. The tannins extracted by Gravner demonstrate how incredible this small producer of Friuli is. As Gravner’s orange wines, this red ferments in amphoras as well, with wild yeasts no temperature control. After five months in the buried amphoras, spends more five years in large barrels and five years in bottle. Bottled accordingly to biodynamic calendar without fining or filtration. 13.0% Alcohol. Would Gravner be the best producer of natural and biodynamic wines in history?

Gravner Rosso Breg 2005

REF: 10004
137,10 €Preço

    Wines by Heart

    Rua Rosa Araújo, 35  •  CP 1250-194  •  Lisboa, Portugal

    +351 213 5840 772

    • Facebook
    • Instagram